quarta-feira, setembro 12, 2007

Havaianas

E eu queria quero comprar um par de Havaianas Brancas Brasil ou mesmo a TOP. Porém eu tenho 187cm (De altura gente!) e calço 44/45. Comecei uma busca pelas Havainas sabendo que seria dificil encontrar no meu tamanho, diversas vezes encontrei o tamanho 43/44, experimentei uma vez e não serviu. O que eu não sabia que NUNCA iria encontrar o meu tamanho por um simples motivo: A ALPARGATAS NÃO FABRICA CHINELO PARA QUEM TEM O PÉ GRANDE!!

Abaixo meu e-mail e a resposta da fabricante:

Lucas Fry em 13/07/2007 13:58:15
Para: amc@alpargatas.com.br
Assunto: Havainas Brancas 44/45 ou 45/46


Olá,

Sempre fui cliente de vocês porém hoje me vejo decepcionado.

Estou há um ano procurando por Havaianas Brancas TOP ou Brasil em um
tamanho maior que o 43/44. Porém não encontro nem mesmo no site de vocês.

Gostaria de saber se não existe mesmo uma numeração para pés maiores na cor
Branca, pois só acho na cor Preta e Azul.

Gostaria muito de comprar uma Havaiana Branca TOP ou de preferencia Brasil
tamanho 45/46, por favor, onde posso encontrar?

Grato,

Lucas

Resposta da Alpargatas:

Bom dia,

Agradecemos seu contato.

Infelizmente não existe a cor Branca no tamanho maior que 43/4.

Att.

AMC.


E eu continuo sem o chinelo que eu gosto. Agora me digam, calçar 44/45 é tão bizarro assim para eles nem se darem ao trabalho de fabricar?

Eu acho que não...

Suporte Speedy

Eu gostaria de dizer que esse tipo de brincadeira prejudica o suporte de quem precisa... mas eles merecem até prestarem um serviço de qualidade.












TOP Blogs de Lingua Portuguesa

Detalhes do top de língua PortuguesaEste TOP tem como objectivo fornecer alguns indicadores de posicionamento no mundo dos blogs, não sendo objectivo aferir qualidade. Os critérios que podem ser levados em conta são diversos mas, para já, leva-se em linha de conta o technorati e as visitas diárias medidas através de um serviço fornecido pelo sitemeter. Para breve está prevista a inclusão de novos indicadores.

Devido às diferênças dos diversos países, optou-se por efectuar uma divisão das amostras em comunidades. A Brasileira e Portuguesa num ranking, e os restantes países de língua oficial portuguesa, noutro.

Café Pilão



Quase um ano sem aparecer por aqui. Que vergonha. Mas já chego metendo o cacete.

Recebi esse e-mail e por mais que esse caso não seja verdadeiro (não tenho como entrar nesse mérito) isso é algo bem comum, portanto, se não foi por isso com eles com certeza já fizeram com outra pessoa.


Pedido dos Alunos do Mackenzie ao Café
Pilão:


Prezados Srs., gostaria de verificar a possibilidade da
realização de uma entrevista com o responsável pela Área de Marketing a respeito
do mercado de café tipo exportação no Brasil. Eu e meus colegas somos alunos do
curso de Administração/Comércio Exterior da Universidade Mackenzie e temos como
tema do trabalho de conclusão de curso a influência do selo "tipo exportação" no
consumo de café no Brasil. A idéia é estudarmos os efeitos do produto exportável
no mercado doméstico e por isso selecionamos profissionais do mercado de café
cuja opinião nos seria de algum valor. A entrevista seria agendada conforme a
disponibilidade da sua empresa e não levaria mais do que 1h. Aguardo um retorno,
e desde já agradeço.

Resposta do Café Pilão:

Agradecemos o seu contato e o seu interesse no nosso Café
Pilão.
Informamos que nós, do Café Pilão, possuíamos uma política para
divulgação das informações sobre os nossos produtos e sobre a nossa
empresa.
Desta forma, disponibilizamos o site para que o estudante tenha
acesso às informações sobre a marca do produto e a empresa possíveis de serem
divulgadas. Você poderá acessar nossa página pelo endereço: http://www.cafepilao.com.br/
Esperamos que você possa apreciar o site do Café Pilão, pois ele foi
especialmente desenvolvido com todo carinho para você!
Mais uma vez
agradecemos o seu contato e colocamos o Serviço de Atendimento ao Consumidor a
sua disposição.

Um abraço,
Gledes de Souza
Serviço de Atendimento ao
Consumidor


Réplica dos alunos:

Prezado Sr. Gledes de Souza,

Somos alunos do último semestre do curso de Administração/COMEX da
Universidade Mackenzie. Embora o nosso curso seja meia-boca, Vsa. também seja
meia-boca e essa água suja que vocês chamam de café outra meia-boca, "nós" não o
somos e a nossa paciência se esgotou.
Como Vsa. não deve saber o que é
stress, pois a sua existência medíocre não prevê a transposição de limites,
prazos, etc, eu gostaria de, em poucas linhas, escrever que é muito foda
ralarmos para pagar a facu, mantermos nossos empregos, tentarmos minimamente
concluir os trabalhos que sempre deixamos atrasar e ainda termos que aturar
respostas imbecis como a que Vsa. nos mandou. Para tentar fazê-lo perceber o
quão estúpida foi a sua resposta, segue um silogismo bem didático, com a
seqüência de raciocínio que o seu cérebro de amendoim deveria ter feito:

1. a minha mensagem chegou por meio do site do Café Pilão, portanto eu
tenho acesso à Internet;
2. a mensagem foi escrita, logo eu sei
escrever;
3. se eu sei escrever, muito provavelmente eu saiba ler;
4. se
eu sei ler, tenho acesso à Internet e acessei o site do Café Pilão p/ escrever a
mensagem, eu vi o que havia escrito lá;
5. se eu me dei ao trabalho de
escrever uma merda de mensagem para um bando de idiotas do serviço de
atendimento, é porque eu preciso de algo ALÉM do que está no site. Ficou claro
ou preciso desenhar?

Portanto, meu amigo, eu penso sinceramente que pessoas como Vsa.
deveriam ser esterilizadas ao nascer, pois assim pouparíamos as futuras gerações
do convívio desgastante que hoje somos obrigados a manter, em nome dos direitos
humanos e da civilidade.
Por fim, segue um conselho e um pedido.
O
conselho é que Vsa. se mate o mais rápido possível, e o pedido é que, antes de
se matar, você vá tomar no cu.

terça-feira, janeiro 23, 2007

Resposta da TetraPak




Há algum tempo atrás eu enviei um e-mail reclamando da dificuldade em colocar o Leite no copo pela primeira vez com as novas tampas FlexiCaps da Tetra Pak (link para o post no título deste). Pois bem, recebi, após um mês, mas recebi pelo menos, um retorno, sendo assim agradeço pela atenção e espero realmente que seja avaliado essa nova tampinha.

Caro Lucas,

A Tetra Pak, empresa de soluções para indústria de
alimentos em máquinas de processamento, envase, distribuição e embalagens,
agradece seu contato. Procuramos manter sempre um canal aberto com nossos
consumidores com o objetivo contínuo de melhoria nos nossos processos e
serviços.

Um de nossos pilares é o compromisso irrestrito de
buscar, de forma contínua, as melhores soluções para atender as diferentes
necessidades de nossos clientes e consumidores e seus respectivos mercados. Para
tanto, foi desenvolvida a tampa FlexiCap para as embalagens de leite, que
possibilita abertura e fechamento, trazendo mais praticidade ao
consumidor.

Atendendo a sua reclamação, já encaminhamos ao nosso
departamento técnico os dados fornecidos, com o objetivo de colocar os
responsáveis cientes do acontecimento e para que possam evoluir numa
solução.

Mais uma vez, reiteramos nossos agradecimentos pela
atenção dispensada aos nossos produtos e colocamo-nos à disposição para
quaisquer esclarecimentos que se façam necessários. Enviamos, ainda, em
anexo um material explicativo sobre a abertura FlexiCap que pode auxiliar na
abertura das embalagens de leite.

Atenciosamente
FALE COM

terça-feira, janeiro 09, 2007

Censura na internet Brasileira

Brasil Telecom e Telefonica bloqueiam YouTube.

Atendendo à determinação judicial, a Brasil Telecom e a Telefonica, duas das principais operadoras de telecom brasileiras, começaram a bloquear acessos aos vídeos do YouTube. Com a medida, cerca de 5 milhões de usuários brasileiros, que usam o link da Brasil Telecom, estão sem poder utilizar o site.

A Embratel, por sua vez, informou que está analisando tecnicamente o teor da decisão judicial para tomar as providências com relação ao seu cumprimento. O despacho tem como objetivo fazer valer a proibição legal de que o vídeo de Daniella Cicarelli e seu namorado Tato Malzoni, em cenas picantes em uma praia na Espanha, seja divulgado na internet brasileira.


Comente o bloqueio do acesso ao site de vídeos YouTube. Você concorda com a decisão judicial?

sábado, dezembro 02, 2006

Playstation 3 no Brasil



Post copiado do blog Gulp, escrito por Leonardo
Post Original aqui

É de se lamentar quando não espantar com certas coisas que vemos por aqui.
Com o lançamento do PS3 e as poucas unidades colocadas no mercado, fiquei surpreso ao ver as Americanas entrando nessa briga. Com o Mercado Livre oferecendo consoles em média a R$5.000,00, não ficou tão caro o das Americanas, se não fosse por um detalhe, estão vendendo o modelo mais barato, o de 20GB.
Ai você pode pensar, que a culpa é dos impostos, tudo bem, tiremos a responsabilidade das Americanas, mas chega a ser piada, colocar um produto cujo preço é colocado no mercado por U$450,00, chegar aqui por R$8.000,00.

Ai refletindo sobre a pergunta “vai um ps3 ai”, eu diria NÃO, com R$8.000,00 posso comprar um carro, pagar a gasolina e ir ao paraguai comprar um. Mas essa seria uma solução muito pobre e ilegal, então vi outra solução: ir a Nova York buscar um.

Duvida? Então veja o orçamento que fiz na CVC
Roteiro: Nova York - 6 dias e 4 noites, com hospedagem “primeira superior” no Hote San Carlos (localizado no centro de Manhattan)



Vou gastar nesse pacote R$ 5.677,61, o PS3 está cotado lá fora (nesse modelo de 20GB) a U$450,00 = mais ou menos R$1.000,00, o que dá R$6.677,61. Ou seja, mesmo descontando ai todos os Big Macs que vou comer por lá, ainda me sobra bastante dinheiro, até para pagar um pouco mais no PS3.
Com U$450,00 da minha compra, passo legalmente pela alfândega com limite de U$500,00. Ai é só ligar na tomada.

Fala se não é ou não um ótimo negócio.
Ah, sem contar o prazer da viagem


Blog S.A.C. assina embaixo!

quarta-feira, novembro 29, 2006

A voz do Consumidor no Orkut

As comunidades do Orkut têm servido não apenas para joguinhos e discussões inúteis, mas para aproximar consumidores. Hoje em dia quando eu penso em procurar por algum serviço ou produto na internet existe um lugar onde eu tenho certeza de, no mínimo, encontrar outros consumidores como eu, que já usaram ou compraram e possuem opiniões a compartilhar. Desde marcas de telefone celular, baladas, carros, shows, casas de espetáculo etc. É quase certo que encontraremos desde o mais fã até o maior inimigo, e essa é a melhor parte.

Em comunidades como do Kazebre Rock Bar, casa de show de São Paulo, é possível monitorar como é o clima no local. Muito bom para pessoas que nunca foram na casa de rock. Algumas vezes tópicos do tipo abaixo exemplificam as várias visões de seus frequentadores.

Seguranças Fascistas Batem Nos Outros Atoa

“Sabado depois do show da plebe levamos porrada so por que todo mundo tava de visual 'punk deram coranhada e tudo pagamos o ingresso consumimos la dentro estavamos de boa e no final quando tavamos saindo eles esse seguranças jogaram cerveja na mina e começaram a quere me bater me deram um tapa ninguem pode fazer nada so por que esse fascistas estavam armados e eram policiais iso nao vai poder continuar acontecendo vamo reclamar galera se pa boicotar essa violencia fascista injusta de alguma forma fomos pra curtir ainda tivemos que pagar tavamos de boa consumimos dentro dessa merda dessa casa

Resposta:

“No sábado passado, os elementos apanharam pq foram pegos cheirando farinha dentro do Kazebre. Na saída chamaram os seguranças “pro pau”, dizendo que eles eram “cuzão” e etc. Após isso, foram ao estacionamento e riscaram um veiculo. Ai tomaram mais um “pau” das vítimas. No final de tudo, o pai do elemento mais fortão, por ser um homem de bem, apareceu lá e deu mais um “couro” no filho dele, na frente de todo mundo. Foi isso que aconteceu.”


Algumas comunidades, como a do Kazebre Rock Bar e Show Bar Lounge possuem pessoas que gerenciam as casas e podem dar respostas oficiais as suas dúvidas, um ótimo relacionamento entre a Prestadora de Serviço e você.


Pensando em comprar um celular e está em dúvidas entre os modelos? Verifique nas comunidades deles. Qual operadora está dando mais problema no momento? Fácil, entre nas comunidades das operadoras e confira o que os atuais usuários dizem a respeito delas.

VIVO
Tim
Claro
Oi


Então é isso, não se esqueça, da próxima vez que for procurar informações sobre produtos e serviços porcure uma comunidade e seja feliz!

Leites Longa Vida com tampa FlexiCap





Diponível para as embalagens TBA 1000 Base e Slim, a abertura FlexiCap foi desenvolvida exclusivamente para o leite longa vida atendendo a necessidade dos consumidores por uma tampa abre e fecha a um custo mínimo para os fabricantes de leite.
A tampa FlexiCap proporciona aos consumidores:
• ótima performance ao abrir, servir e fechar
• lacre de segurança visível
• abertura em um único movimento
• possibilidade de fechar novamente a embalagem
• a integridade requerida pelo sistema asséptico de até 6 meses de shelf life.


Enfim, isso é o que eles dizem. Caso vocês tenham utilizado já essa embalagem, por favor, comentem e digam o que acham. Abaixo vai um email que enviei para a Tetra Pak reclamando da da "perfomance em servir" da embalagem.

Olá, venho por meio de esta mensagem demonstrar minha insatisfação com as embalagens FlexiCap dos Leites Longa Vida.

Em minha casa não existe UMA pessoa que consiga servir o primeiro copo, logo após a abertura da embalagem, sem derrubar uma boa quantidade de leite para tudo quanto é canto, principalmente escorrendo pela frente da embalagem sem pressão. O que ocorreu a principio foi apenas uma impressão de que não estávamos sabendo lidar com a nova embalagem, mas já se passou 4 meses de uso e até hoje ninguém conseguiu controlar a saída de leite na primeira abertura. Acho que deveriam reavaliar a "praticidade" desta embalagem para o consumidor final, ou ajustar o bico para que seja possível controlar melhor o fluxo do leite.

Grato,

Lucas Fry


Estamos esperando uma resposta...

BlogBlogs

O maior diretório de blogs e fotologs do Brasil.

Me incluindo no BlogBlogs :)

BlogBlogs.Com.Br

segunda-feira, novembro 20, 2006

Nintendo Wii


Nintendo Wii


Um amigo meu ficou puto quando descobriu que o preço do Nintendo Wii no Brasil será R$ 2.400,00 (isso mesmo, Dois mil e quatrocentos Reais), sendo que o preço nos Estados Unidos é de US$ 250,00 (Duzentos e cinqüenta Dolares). Ou seja, no Brasil o preço é mais que o quadruplo em dolar!!

Então ele resolveu enviar um e-mail para a Nintendo:

Hi Nintendo,
My name is Douglas Souza, 22 years-old and I am from Brazil.
I am a Nintendo's fan, on my childhood I had some Nintendos Consoles, such as Nintendo, Super Nes and nowadays I have a Nintendo 64.
I am writing this mail because I would like to buy the new Wii here in Brazil. But I have a very big problem...Money. I hear that Wii will cost U$$250,00 in USA. So for each U$$1.00 Dollar is R$2.20 around (Brazilian Money).
The price of The Wii should be around R$550.00 Reais here in Brazil, but it will not happen here. We have a lot of taxes and the price here is around R$2.400 Reais. That is very expensive to us !!!
I cannot have fun with the Wii, because the price here in Brazil will be very expensive. I am disappointed with The Nintendo, the Brazil players like a lot the Nintendos products and I would like to suggest to you, think a lot about us, Brazil players.
Please, do something for us. I really would like to get the Wii to me.
Apologies about the English in this mail, my local language is Portuguese and I am still studying English. I am trying to write this mail, because I really would like to have The Wii.
Also, please, forward this mail to the Nintendos Manager and if it is possible send it to the Nintendo President.
Thanks a lot to read my mail and I trust on Nintendo.
I am waiting for some answer. Nintendo can send a mail at xxxxxx@xxxxxx.com.br
Regards,
Mr. Souza, Douglas.


E a maior surpresa de todas foi que A NINTENDO RESPONDEU!!

Hi!

I'm sorry to hear that you weren't pleased with the price of Wii. In the United States it has been stated for some time now that the system would be priced competitively and for the mass market at no more than $250 USD. This price point was not convertible to other regions and markets worldwide; instead, each subsidiary has set its own pricing structure for its own region, based on a variety of factors. In addition, please note that for the price, many regions also get a game included (Wii Sports, featuring tennis, bowling, golf, baseball, and boxing), as well as the Nunchuk controller to go with the innovative Wii Remote.

Nintendo of America Inc.
R.M. Rickets


O pessoal do site Wii Brasil também respondeu um e-mail dele, informando porque o preço no Brasil é tão abusivo. Claro, IMPOSTOS do noso querido país.

Douglas,

Apesar de nossos esforços com petições contra o preço absurdo do Wii no Brasil, o cenário é muito difícil de ser alterado. Não importa se escrevemos cartas para Satoru Iwata, Regie Fils-Aime ou Perrin Kaplan: o preço não será modificado tão cedo.

O que impede uma popularização do Wii no Brasil é justamente esse preço, que o deixa longe de ser um console para o "jogador casual". Porém, a culpa disso não é da Nintendo e nem da Latamel, mas sim do próprio governo Federal.

Videogames no Brasil são classificados como máquinas de azar, ou seja, impostos absurdos são aplicados quando os mesmos são importados, deixando o preço final para o consumidor o absurdo que estamos vendo hoje.

Atenciosamente,
Allan Rafael Bandini
--
Equipe Wii Brasil
http://www.wii-brasil.com


Isso sim mostra como uma empresa deve se posicionar perante a seus clientes. Um grande Viva à Nintendo!!

\o/

Via Funchal


Via Funchal


Eu e minha namorada estivemos no show do New Order em São Paulo, no dia 13 de Novembro, no Via Funchal. Ocorreu que apesar do show ter sido maravilhoso por parte da banda a casa deixou muito a desejar. Aqui vai um email que foi enviado à casa e até agora sem retorno.

Boa noite,

Meu nome é Aline Cherez, estive na casa dia 13/11/06 para assistir ao show do New Order. Sempre ouvi falar muito bem da casa e fiquei contente quando soube que o show deles seria aí. Achei que pelo preço exorbitante cobrado pelos ingressos, um verdadeiro roubo, o porte da banda e a estrutura da organização da casa compensariam o custo. Não foi o que aconteceu, o show foi bom, a banda estava ótima. Mas a irritação causada pelo calor excessivo e pela fumaça de uma grande maioria de fumantes que não têm educaçao suficiente para respeitar uma lei, e da casa por não fazê-la cumprir faz qualquer pessoa perder pelo menos uma boa parte do êxtase de ver a banda querida. Como se não fosse o bastante, o show que começou com um grande atraso, terminou mais tarde que o previsto por muitos, causando um grande alvoroço na saída. Apenas uma saída para mais de 6 mil pessoas desesperadas para voltar para casa. Gente saindo pelo ladrão, parando o trânsito da rua e não deixando o valet fazer seu serviço. Gerando transtorno para todos que aguardavam o carro para sair.

Resumindo, não pretendo voltar à casa para assistir outro espetáculo, pois seu sistema de refrigeração é péssimo, e não há estrutura para conter os fumantes. A saída e o valet são totalmente mal organizados e nos fazem passar muita raiva.
Espero que leiam esse email e não percam mais clientes além de mim.


Grata pela atenção,

Aline Cherez

sexta-feira, setembro 01, 2006

Marriot Costa do Sauípe



Reclamação do Edu Vasques, do blog Pérolas das Assessorias de Imprensa que teve problemas com o Marriott Resort Costa do Sauípe devido ao desaparecimento de R$ 60,00, será que esse é um valor tão absurdo para eles preferirem sujar a própria imagem ao invés de paga-lo ao hospede? Quanto vale sua reputação Marriott?

Só para colocar minha indignação!

Entre os dia 8 e 11 de agosto estive em um evento de uma companhia multinacional realizado no Marriot Costa do Sauípe, um dos mais renomados hotéis do Brasil. Na data de chegada, deixei minha bolsa que carrego coisas do trabalho como notebook e carteira com documentos e dinheiro sobre a cama. Do jeito que a deixei não mexi mais, a não ser para pegar fios e cabos do computador portátil. Afinal, as minhas despesas – como almoço, jantar e happy hour - estavam sendo pagas pela empresa que me convidou para o evento, não usei dinheiro em momento algum a não ser para comprar cigarros com alguns trocados que já estavam e minha calça.

Para minha surpresa, no dia 10 à noite, quando preparava meus pertences porque sairia em um fretado do hotel às 7h do dia seguinte, olhei minha carteira e constatei o sumiço de 60 reais. Imediatamente comuniquei a recepção.

Chamaram a segurança do hotel. Primeiro uma pessoa chamada Ferreira veio me questionar o que havia acontecido. Expliquei. Em seguida, outra pessoa da segurança, Wanderley, pediu que eu o acompanhasse até meu quarto. Aí começou o constrangimento. Pediram para revistar o dormitório como se eu fosse o acusado de roubar meu próprio dinheiro. Reviraram o quarto inteiro e pediram até mesmo que eu tirasse os pertences das mochilas. Quando constataram que nada havia, o Wanderley fez uma espécie de entrevista comigo. Para repassar todos os meus passos desde o momento que pisei no Marriot. Chegou, inclusive a perguntar se eu não havia gasto esse dinheiro com “alguma menininha”, entenda-se garota de programa. Pode um negócio desses?

Como já era tarde da noite, ficaram de me dar um parecer sobre o caso no dia seguinte – o da minha partida. Caso eu já tivesse saído de volta para São Paulo, entrariam em contato por telefone para informar a resolução do caso, já que teriam de esperar os funcionários que estiveram em meu quarto para interrogá-los e tentar entender os fatos. Até quinta-feira, dia 17, nenhum sinal do hotel. Resolvi escrever um e-mail pedindo o esclarecimento. Eis que a resposta foi:

Prezado Sr. Vasques,

Agradecemos por ter dedicado o seu tempo para enviar-nos seus comentários, referente a sua recente estada conosco no Costa do Sauípe Marriott Resort & Spa, durante o período de 08 a 11 de agosto de 2006.

Gostaríamos de informar que, com base nas informações relatadas pelo senhor em 10 de Agosto, foi realizada uma rigorosa investigação por nossa equipe de segurança. Temos a bem dizer, com veracidade, que não foi constatada nenhuma evidência de que o valor de R$ 60,00 tenha desaparecido em seu quarto no Hotel entre os dias 08 e10/08/2006.

Sabemos como é importante tratar cada questionamento de hóspede com cuidado e justiça. Buscamos sempre a integridade e segurança de nossos clientes e associados, mas não é possível asumir uma responsabilidade por algo que não ocorreu.

Agradecemos seu contato e nos colocamos a sua inteira disposição.

Atenciosamente,
Fernanda Doria Reinaldo Jocas
Diretora de Hospedagem Gerente de Segurança
fernanda.doria@marriott.com reinaldo.jocas@marriott.com

Portanto, se você algum dia já pensou em freqüentar esse hotel ou organizar eventos por lá, utilize o cofre, passe o cadeado nas malas. Porque o dinheiro some misteriosamente, o hotel faz uma investigação particular, não fornece resposta se você não pedir e, o melhor, te chamam de mentiroso (claro, eu roubei ou gastei o dinheiro e estou querendo dar uma de espertinho) e você ainda fica com o prejuízo. Marriot, nunca mais.